Skip to content

Astaroth

Ela era conhecida pelos cananeus como Astarte, aos sumérios ela era conhecida como Inanna, para os babilônios, ela era conhecida como Ishtar, para os assírios e acádios, Ashtart, Astarote, Asherah e Astoreth, para os egípcios, Ísis, Ashet e Aset, para os fenícios, ela era conhecida como Tanit-Ashtart e Astarote, para os gregos, Afrodite. Seu nome ugarítico era Anat.

  • Posição Zodiacal: 10-20 graus de Capricórnio
  • Dias: 31 de dezembro a 9 de janeiro
  • Carta de Tarot: 3 de Ouros (Azazel disse-me que Ás de Copas)
  • Planeta: Vénus
  • Cor da vela: marrom ou verde
  • Metal: cobre
  • Elemento da Terra
  • Posição: Grã-Duquesa das Regiões a Oeste do Inferno; Princesa Coroada
  • Astaroth é uma conselheira e orientadora para ambos Demônios e seres humanos. Ela trata principalmente de assuntos humanos
  • Astaroth governa 40 legiões de espíritos e é uma Demônia do dia
  • Astaroth também é a tesoureira do Inferno

Astaroth é uma deusa muito antiga. Ela esteve com a humanidade, assim como Satan e Belzebu, desde o início. Astaroth é filha de Satan, ela não queria que se soubesse disso até recentemente (outubro de 2016). Ela sempre foi muito popular, muito amada e reverenciada em locais onde foi adorada. Pelo fato de que ela esteve conosco desde o início, ela foi conhecida por vários nomes diferentes e foi a Deusa-Chefe em diversas áreas e culturas. Ela tem sido conhecida como a Deusa da fertilidade, do amor e da guerra.

“Astaroth aparece com uma Aura imensa, é de uma cor azul suave, não suave em termos de força, mas em termos de beleza. A energia de Astaroth é revigorante e reconfortante, é verdadeiramente bela em todos os sentidos. Ela tem longos cabelo dourados, ela é bastante alta e estava cercada por um vibrante ouro-branco. Eu sinto ela mais quando eu faço a conexão durante a invocação dos Quatro Deus Regentes de Duat. Ela está sempre lá para me guiar quando eu me sinto perdido ou estou lutando. Sua voz é muito poderosa, Astaroth-sama é muito carinhosa, mas ela é bem clara e concisa quando está me orientando. Ela me ajuda muito e eu sou muito grato a ela por tudo.
Salve Astaroth-sama!”

-Sumo Sacerdote Vovim Baghie


Sigilo de Astaroth

Nome de Inanna em cuneiforme

Símbolos de Astaroth derivados do Ankh egípcio

Muro de Inanna em Uruk

Os grupos de três pontos nas pontas da estrela em seu sigilo são extremamente antigos e denotam sua alta posição espiritual. Como a Deusa suméria “Inanna”, ela era conhecida como uma poderosa guerreira e seu animal sagrado era o leão. Abaixo estão imagens do leões que guardavam seu templo em Nimrud.

Sua cidade sagrada foi Uruk, uma das mais antigas cidades da Suméria, onde ela teve seu templo, na foto inferior direito acima são as ruínas. Sob seu governo, o povo da Suméria e suas comunidades prosperaram significativamente. Ela tinha santuários e templos em muitas cidades do Antigo Oriente Médio.

Seu título sumério “Rainha do Céu”, foi roubado pelo judeo-cristianismo e utilizado para a sua fictícia “Virgem Maria”.

Astaroth também era a Deusa babilônica Ishtar. Escrituras babilônicas a chamavam de “Luz do Mundo”, “Deusa das Deusas” e “Doadora de Força”.

A “Porta de Ishtar”, construída há aproximadamente 575 a.C era a entrada principal para a Babilônia. Foi a oitavo de das oito portas da cidade. O rei Nabucodonosor II da Babilônia dedicou o Portão para Ishtar. Foi um dos monumentos mais impressionantes do antigo Oriente Próximo. A Porta de Ishtar foi decorada com dragões, touros e leões. Junto com Ea (Satan) e Enlil (Belzebu), ela acabou nos Grimórios quando o judeo-cristianismo entrou em cena como uma dos principais Príncipes Coroados do Inferno. Estes três foram as divindades mais populares e populares no Oriente Médio. Suas reputações foram destruídas, foram cruelmente caluniados, blasfemados e demonizados, rotulados como “malignos”.
“Apesar de Sidon ser respeitada, não poderia ser esquecido que sua deusa era Ashtart, um nome que o escriba israelita escreveu com as cinco consoantes strt, e vocalizadas pelas vogais da palavra hebraica para “vergonha”, fazendo com que a deusa sidônica aparecesse na forma bastarda Astoreth.”
-Trecho de “Recovering Sarepta, A Phoenecian City”, por James B. Pritchard, 1978

“Das várias grafias do nome Astarte, encontra-se as letras Tel Amara. A forma hebraica ‘Astoreth’ surgiu quando a escola rabínica dos massoretas no século VI decidiu adotar um sistema convencional para compensar a falta de vogais no hebraico escrito e ao mesmo tempo para inserir os nomes das divindades estrangeiras as vogais da palavra ‘boshet’, que significa abominação.”
-Trecho de “Who’s Who Non-Classical Mythology”, por Egerton Sykes, 1993

Acima estão as ruínas do Templo de Ísis, originalmente na ilha de Philae, teve de ser transferida para a Ilha Agilqiyya (acima) durante a reconstrução da barragem de Assuão para salvá-la da inundação.


Acima estão as ruínas do Templo de Ísis, originalmente na ilha de Philae, teve de ser transferida para a Ilha Agilqiyya (acima) durante a reconstrução da barragem de Assuão para salvá-la da inundação.

Astaroth verdadeiramente responde sobre o passado, presente e futuro.
Ela descobre todos os segredos e é uma excelente professora de ciências liberais.
Ela faz a pessoa ter sonhos proféticos e visões sobre o futuro e dá uma visão sobre o desconhecido. Ela é também conselheira aos seres humanos que estão próximos de Satan e trabalhando ativamente para ele.
Ela obtém a amizade dos que estão no poder e representa o luxo e facilidade.

Páscoa (originalmente conhecida como “Ashtar”) foi roubada dela pelos judeo-cristianismo.

Sumo Sacerdotisa Maxine (minha experiência com Astaroth):
“Astaroth é muito bonita com o cabelo loiro claro. Apesar de alta, ela é delicadamente construída. As cores de Astaroth são o vermelho e azul. Ela às vezes aparece com asas, estas têm traços vermelhos e azuis neles. Ela muitas vezes visita a mim e o clero do Joy of Satan por conta própria e é uma amiga e guia para nós.”

Obra de arte feita por Marcos Macias (clique para ampliar):

VOLTAR PARA DEUSES DE ALTO RANQUE E OS PRÍNCIPES COROADOS DO INFERNO

VOLTAR PARA TUDO SOBRE OS DEUSES